Crer ou não crer!
 

Artigos - Crer ou não crer! 16/3/2012 16:37:07
Artigos - Crer ou não crer!

2120315 CRER OU NÃO CRER...
 
Eis a questão, eis o dilema de milhares de nós, e certamente sempre me incluo neste meio. Muito sabiamente Sua Santidade o Papa Bento XVI, sempre conduzido pelo Divino Espírito Santo instituiu este ano de 2012 como o “ano da fé”. Porque efetivamente, a grande palavra deste tempo final, que tine e retine em nossos ouvidos, veio de Jesus quando disse: “Todo aquele que se mantiver fiel até o fim será salvo”. Ela nos faz meditar profundamente, porque diante de tudo aquilo que está previsto, e diante da exiguidade do tempo, muitos de nós poderemos fraquejar, pondo de lado a missão que temos desempenhado nestes últimos anos, e indo cuidar da vida que a morte é certa.
 
Hoje pela manhã, as primeiras duas cartas que respondi tratavam deste assunto, e denotavam um fraquejamento, um esmorecimento, e digo sinceramente isso não me surpreende. Embora que por aqui continuem os pedidos de livros, e alguns bem expressivos, e embora as alavancas – cartas que animam a continuar – mostrem que temos um povo muito valente e disposto, pude perceber que depois de 15 de fevereiro uma boa turma colocou o pé no freio. Vão aguardar os próximos acontecimentos. Neste instante em que escrevia, chegou aqui um de meus filhos, que também ficou muito decepcionado com a não manifestação da fera e me disse: pai, se dia 11 de abril não cair pedra alguma, se isso não acontecer, está na hora de o pai largar tudo isso que é uma furada.
 
Disso me veio na mente, imediatamente, outra pergunta: que acontecerá com aqueles que ficaram se eventualmente em 10/11 próximos nada acontecer de diferente? A mensagem exata, passada dia 11 de abril do ano passado no Cemitério Rua São Pedro – Guabiruba, SC - Daqui a 365 dias, rolará a primeira pedra, mas não será letal, porém causará mudanças e medo! Muito medo! Preparai-vos. Amém! “São Miguel!”. Desde lá até agora já tive de responder centenas de e-mail sobre este assunto, com as perguntas: onde cairá? Que tamanho terá a pedra? Vai morrer muita gente? Vai cair no Brasil? Mas como se os cientistas não estão avisando nada? E ainda: será que vai cair mesmo? Que será de nós se não cair? Apenas para esclarecimento: se São Miguel diz que a pedra não será letal, ele apenas quer dizer que não matará toda a humanidade, mas se causará tanto pânico, pequena é que não será.
 
Bem, estas são perguntas que ficam sem resposta, ou melhor, dependem do acreditar. Eu não sei, mas acredito que virá! Se os cientistas não a perceberam ainda, é porque Deus não deseja que saibam. Então é crer e isso depende da fortaleza interior de cada um e da confiança que depositam na mensagem, no Movimento, e no próprio Deus que nos dirige. Ele sabe de nós, e sabe o que faz! Mas toda a fortaleza depende certamente da oração, e não somente da oração comum, corriqueira ou até por costume, mas oração confiante, inarredável, insistente e de plena entrega ao Pai, tendo a certeza absoluta de que ela será atendida e de que Deus fará sempre o melhor por nós. E isso naturalmente que não é fácil, e depende em princípio de outro fator de extrema importância que é o estado de graça, da confissão em dia, da ausência pelo menos de pecados graves, que bloqueiem a ação da graça.
 
Porque efetivamente, posso afirmar isso com absoluta certeza, todos aqueles que vivem este estado de graça, e esta vida de orações – que fazem da própria vida, do seu trabalho, de suas atividades a até o lazer, uma oração – estes entendem perfeitamente os mistérios deste tempo final. Há muitas pessoas que rezam neste mundo atual, mas cada oração, cada pessoa, tem seus sistemas, tem os seus modos, tem a sua oração de costumeira a rotineira, entretanto não se pode dizer que esta oração seja produtiva, porque são muitos – e muitas – aqueles que fazem do grande número de suas orações, um motivo de busca do louvor humano, e estes “já recebem sua consolação”.
 
Outro fator importante para entender os mistérios deste tempo final tem endereço em Nossa Senhora. Todos aqueles que são fiéis devotos da Mãezinha, que se colocam diariamente aos seus pés consagrando-se a ela, estes sem dúvida compreendem o sentido das desgraças do nosso tempo, e confiados nela não temem nada. Mas vejam: num certo cemitério, no começo da nossa caminhada, encontramos uma senhora que, se consagrava todos os dias à Mãezinha, mas exatamente por causa disso ele estava a 20 anos penando no Purgatório. Isso nos assustou muito, e quando o Cláudio perguntou, a resposta foi: Sim, ela se consagrava todos os dias, mas NUNCA VIVEU a consagração. Ou seja, ela rezava mecanicamente, da boca para fora, e levava uma vida não santa.
 
Algumas das pessoas que nos atacaram – poucas, mas que lembram haver muitas iguais – dizem que são pessoas de fé, de oração, que participam da Igreja, participam de confrarias, congregações, grupos de louvor, e até que rezam mil Ave Maria todos os dias, mas são capazes de odiar nosso Movimento. Então eu me pergunto: como é que algo assim pode acontecer? Acaso o Espírito Santo não é o mesmo? Acaso Ele não é um só? Então como é que tais pessoas não entendem os mistérios que nos são revelados? Sinto que tais pessoas são verdadeiros mestres da hipocrisia, que fazem de sua “vida de oração” um teatro de fazer inveja aos fariseus, como aquele da parábola de Jesus, do mestre da lei que orava de braços abertos e do publicano que de joelhos fazia sua oração silenciosa.  
 
Uma das perguntas que respondi ainda a pouco, foi a de que se nós podemos confiar de que o lencinho irá nos proteger de fato, e se, por exemplo, pessoas que têm AIDS podem confiar de que terão a cura. Sim, podem ter certeza plena de que virão tais curas, mas decididamente aqui entra o fator mais importante que é a fé. Vejam: como tantas vezes temos dito, nós estamos chegando ao tempo de decisão final. O mesmo grito que um dia São Miguel deu no Céu: quem como Deus?... Hoje se repete! Chegou finalmente nossa vez, em última instância, na última chance, de nós decidirmos: por Deus ou contra Deus! Tempo da frase Jesus na última linha vermelha: Quem não está com Cristo é anticristo!  É crer ou não acreditar! É salvar-se, ou perder-se para sempre.
 
O que desejo mais uma vez dizer é que chegamos ao tempo em que será derrubado o muro, sobre o qual se penduram os mornos, os tíbios, os fracos, os relaxados, os que esperam e adiam a sua conversão definitiva, sempre para mais adiante, e mais e mais, imaginando que Deus pode esperar eternamente por eles. Esperam a pedra cair! Estas pessoas mal sabem que o muro pertence ao diabo, porque quem acredita realmente em Deus é DELE sem reservas, porque o nosso é um Deus ciumento, que não divide seu amor com ninguém. Qualquer pessoa que imagine dividir o seu amor entre Deus e o mundo, já está a caminho da perdição, a caminho dos braços do inimigo. Nestes casos, Deus o larga de lado, e se vivem é por alguma concessão da infinita misericórdia divina.
 
Nós fomos criados por Deus e pertencemos a Ele por direito. Nós não pertencemos a nós mesmos, e nem ao mundo. Nossa eterna liberdade, esta fantástica e gloriosa liberdade que recebemos Dele, somente pode ser vivida e sentida no mais extremo de sua essência se a dedicarmos inteiramente para buscar Deus e viver em Deus. Se todos nós vivêssemos esta santa liberdade em plenitude, já teríamos mergulhado no conhecimento mais profundo da vida, na essência da matéria, já teríamos andado sobre as estrelas do Céu e percorrido os confins do Universo. Sim, por que onde está Deus, ali nós poderíamos estar também. Acaso a humanidade acolheu esta disposição divina? Nós fomos criados para viver isso tudo, jamais para viver as loucuras por onde hoje andamos.
 
Assim, agora está chegando o tempo em que a humanidade deve migrar de volta para a civilização em Deus, nos moldes e de acordo como Ele planejou para nós, ou decidir desafiá-lo e ir morar no inferno, junto com o demônio, o mentiroso sedutor deste mundo, e planejador desta civilização abominável. Porque esta civilização como está, tem seus dias contados e já tem seu tempo marcado, e seu fim fixado, para um tempo e uma data. Não haverá agora uma terceira opção, nem outra escolha: ou penetramos em Deus para viver a eternidade Nele, ou mergulhamos na terra, porque é no fundo dela onde fica o inferno. E a pergunta é: quem tem fé suficiente para alçar este voo rumo ao Eterno? Quem tem fortaleza suficiente para não fraquejar?
 
Onde buscar esta fé suficiente, para acreditar que, mesmo no meio do caos que virá um Braço estendido e uma Mão forte em nossa direção? Braço estendido de Deus para nos amparar nas horas de dificuldade e nos conduzir para locais seguros, especialmente para nos preservar da queda eterna, de renegar tudo e caminhar aos braços da fera, do anticristo, porque a preocupação maior do Céu será com nossa preciosa alma. Mão forte para abater nossos inimigos, afastar as hostes nefandas, e botar para correr todos aqueles que desejam e trabalham pela morte. Agora o homem terá de decidir, se deseja a felicidade eterna em Deus, ou se deseja continuar sendo deus de si mesmo, para levar como prêmio o eterno suplício.
 
Ninguém escapará desta decisão! Ninguém escapará de enfrentar este dilema! Por Deus 100%, porque 99% para Ele não serve! Ir com o mundo 1% é caminhar dividido para a perda eterna. Mas para os que desejam se salvar, esta decisão implica em cumprir as instruções que o Céu nos transmite através das mensagens, e procurar doravante – enquanto é tempo e há tempo – o caminho da conversão. Buscar o confessionário com contrição profunda e arrependimento sincero, depois a Eucaristia, alimento Eterno, e garantia plena da salvação. Formar os Grupos de Oração – não de reflexão – que Nossa Senhora pede, acreditando que ela estará presente onde qualquer grupo se reunir nos pequenos cenáculos. Levar as famílias à reza diária do Santo Terço, melhor do Rosário, como forma de criar um escudo, uma couraça, capaz de suportar os embates que se aproximam, celeremente.
 
Na parte material, naquilo que precisaremos para caminhar rumo ao 100% em Deus, temos os lencinhos de Nossa Senhora e o Óleo de São Rafael, o Arcanjo Curador, que virão substituir as medicinas terrenas, especialmente após o inimigo haver dado início à perseguição, e a marcação em massa de seus seguidores. Então as pessoas perguntam: e como vamos ter certeza de que o Lencinho vai proteger contra gazes, a poeira dos vulcões, e especialmente contra os vírus que estão sendo espalhados pelos ares, e aqueles que foram postas nas vacinas para eclodir mais tarde? Consta que já a partir do próximo mês de junho, começarão a aparecer pandemias inventadas pelo homem, porque o desejo é eliminar grande parte da humanidade. Como acreditar que a medicina de Deus não vai falhar?
 
Bem a resposta é: pela fé! Ademais, presumo que o próprio Deus dará uma mãozinha, quando cumprir a promessa de que as medicinas humanas todas vão perder efeito, exatamente porque a besta tentará trocar os medicamentos pela sua marca. Somente receberá os remédios quem aceitar antes o implante do chip debaixo da pele, quando passará a ser escravo do dono da marca. Neste momento as próprias pessoas perceberão que os medicamentos deles perderam o efeito, e não será por nada mais que a misericórdia que venham a morrer imediatamente por causa da marca, antes que venham a se entregar completamente ao serviço do inimigo. Tais pessoas receberão um presente de grego, além de uma marca escravizante, um medicamento que não funciona.
 
A mesma coisa se dará com o Óleo de São Rafael, que já agora tem vindo em socorro de muitas pessoas. Ele irá curar todas as doenças daqueles que se mantiverem firmes em Deus, mesmo aquelas mais impossíveis. Estão surgindo agora muitas doenças novas, mutações virais cada vez mais resistentes aos medicamentos, e também estão sendo criados de propósito em certos laboratórios ao serviço de satanás, determinados Vírus mortíferos, com capacidade de matar em poucas horas, cada duas em três pessoas. Diabolicamente os maus cientistas estão produzindo estes vírus mortais, para serem usados como armas de guerra, capazes de dizimar povos inteiros. Claro que Deus tem poder de reverter isso, e imporá limites ao inferno. E efetivamente, quando os medicamentos pifarem, também as vacinas que os criadores das pestes fizerem para se imunizar sofrerão o mesmo efeito. Então o feitiço virará contra o feiticeiro. De fato, se a medicina e a ciência devem buscar a cura, por qual motivo fabricam a doença?
 
E assim, todas as pessoas de fé estarão protegidas. E se o nosso Deus promete este auxílio, certamente que não haverá de deixar-nos também sem alimentos e água. Nalgumas mensagens de outros países que coloquei no site, o Céu tem pedido que as pessoas procurem manter estoque de alimentos não perecíveis, porque precisarão deles em breve. Mas observo que cada país é diferente do outro. Colômbia ou os Estados Unidos não são “pontos brancos”, mas o Brasil é. Aqui a situação é diferente! O Brasil será atingindo sim, mas mais tarde que outros países. Isso significa que aqui os filhos terão proteção especial, e que Deus fará com que ninguém precise se preocupar com estoques de comidas, porque somos destacados e preservados como “celeiro” inclusive para atender a outras nações que entrarão em breve em processo de fome. E já está acontecendo!
 
As notícias que nos chegam são assustadoras. Nos países onde a crise está chegando primeiro, está tendo início uma busca furiosa por comida, especialmente na Grécia, que tem sido o espelho da crise mundial. Como já explicamos em outros textos, na zona do Euro, mais do que em outros locais, aconteceu um processo monstruoso e perverso de desestabilização econômica, porque as nações mais preparadas como a Alemanha conseguiram praticamente engolir tudo o que os outros produziram. Só para elas a moeda única foi benéfica! As nações menores, de economia mais fraca, foram induzidas a contrair dívidas astronômicas para se adaptarem aos padrões dos ricos europeus, e tudo isso foi bom enquanto durou. A Grécia nos últimos anos viveu fartamente de empréstimos fáceis que lhe eram dispendidos pelo inimigo como veneno. Seus governantes sabiam disso, mas o povo não! Agora começam a passar fome! Agora abandonam os seus filhos porque não os conseguem alimentar. Imaginem quanto desespero!
 
De fato, os povos elevaram seu padrão de vida subitamente, mas não capitaneados pela produção econômica, e sim pelos empréstimos. Na medida em que entravam créditos em rios, também que os serviços de execução das obras e infraestrutura geravam empregos e bons salários, todos os benefícios sociais foram se alargando. Mas depois que acabaram as obras, que as empreiteiras de outros países foram embora, que cessaram os contratos e empréstimos, de súbito o povo percebeu que só restaram as dívidas. Que eram dívidas impagáveis! Que chegaram ao ponto de comprometer a soberania nacional. E claro, num processo mais longo, isso vinha já sendo feito pela besta – mentora desta maldição – com as outras nações do planeta. Elas foram endividadas de propósito, para se tornarem reféns do anticristo, como o são hoje. Todas as nações do planeta podem se considerar falidas, inclusive a Alemanha.
 
E a fome mundial virá, e não tarda. E virá para todos os países, porque o processo é rápido, é fulminante. Ontem eu li uma reportagem sobre o comportamento dos consumidores de Portugal, e dali podemos tirar rapidamente um quadro mundial. Imediatamente após a eclosão da crise, os consumidores passaram a buscar produtos mais simples e mais baratos, de consumo popular. Isso significa que, todos os produtores e vendedores de produtos caros, na outra ponta, passaram a produzir e vender menos, gerando crise no setor. No outro lado da cadeia alimentar, ao buscarem os produtos baratos, estes passam a faltar, e naturalmente a subir de preço. Trata-se então de um círculo vicioso, que acabará por derrubar toda a economia, e trazer com ele a FOME, brutal fome.
 
Por incrível que possa parecer, ela atingirá mais rapidamente e mais fortemente exatamente os países ricos. Como já atingiu os Estados Unidos. A televisão não mostra, mas as notícias correntes são de que pelo menos 10% dos norte americanos já vivem em situação de mendicância em milhões dependem dos sopões do governo para terem algum tipo de refeição diária. Milhares deles perderam suas casas, confiscadas pelos bancos, em vivem hoje precariamente em campings, dentro de trailers ou de barracas. Milhares não estão conseguindo sequer pagar suas contas de luz e há cidades inteiras às escuras, sem iluminação pública. Este é o começo do fim de uma nação que chegou a dominar praticamente metade do comércio mundial, eis o Tiro, aquele país das profecias antigas, que dominava sobre os mares. Seu fim será estarrecedor, como paga da opressão inconsequente que exerceram sobre o planeta.
 
 Sim, primeiro porque estes países estão na “esquerda” de Deus, devido à exploração que exerceram durante séculos sobre as colônias e os países mais fracos, depois porque conseguiram armazenar excedentes a preços vis, de modo a ter comida para décadas sem precisarem produzir. E estes alimentos eles pretendem vender em troca da marca da fera, conforme está nas Sagradas Escrituras. Mas o Senhor lhes avisa pelos profetas atuais: porei um verme na vossa comida! Tal como durante o Êxodo no deserto, quando o maná era armazenado em demasia pelos judeus, no dia seguinte estava cheio de vermes, também acontecerá com TODOS os que armazenam para usura, para tirarem qualquer tipo de proveito da situação de penúria que virá.
 
E isso vale também aqui para o Brasil. Numa reportagem que um sacerdote me enviou ontem, li que no Rio Grande do Sul o próprio prefeito prepara a cidade para o “fim do mundo em 2012”. Mas preparam com reservas de comida e bebida, não com as verdadeiras reservas que a traça não come, nem o ladrão rouba, falo dos tesouros espirituais. Isso não lhes valerá de nada se não partilharem, e começarem desde já. Todos os que leram o texto de Daniel, durante a Anistia, lembram-se da passagem do profeta Habacuque, que é levado pelo anjo a entregar os pães para Daniel que estava na cova dos leões. Isso ficava centenas de km longe, e ele foi ao tempo de um sopro, um folego. O anjo levou pelo ar, não somente o profeta, mas a comida. Acaso o Deus que possibilita fazer isso morreu? Perdeu seu Poder desde então? Óbvio que Ele pode tratar fartamente toda a população do planeta! Se O obedecerem!
 
Assim, que pessoa alguma pergunte mais como será com a comida e a bebida, porque sempre haverá o necessário para os filhos de Deus, os que acreditam Nele. Todos estarão em locais onde terá água para beber, e comida no limite para sobrevier. Basta TER FÉ! Basta acreditar que o Jesus que multiplicou os pães ao povo faminto é o mesmo Deus que tratou milhares de pessoas no deserto, durante 40 anos. Como não fará agora se apenas por alguns meses? Ademais, por qual motivo o Céu nos pede tanto para estarmos perto dos sacerdotes fiéis? Porque eles irão abençoar os alimentos, para que se multipliquem para todos. Não foi Jesus que abençoou os pães e peixes que se multiplicaram, fartaram a todos e houve sobras? Mas os padres infiéis, os que não celebrarem validamente, e não acreditarem nisso, estes não terão esta graça ímpar.
 
Ademais, nós tivemos muitos santos da nossa Igreja e pessoas conhecidas como Teresa Neumann da Alemanha, ou a beata Alexandrina, que viveram exclusivamente da Eucaristia, também poderá ser a forma de o Pai tratar seus filhos, que não precisarão de outro alimento, enquanto durar a crise. Basta ter fé! Basta confiar plenamente em Deus, sem reservas nem medos, sem exigências ou rejeições. Será o tempo da frugalidade, do uso metódico e bem aproveitado dos recursos, sem os desperdícios de hoje, coisa que o Pai abomina. Também os ricos terão de sujeitar-se a desconfortos, a privações, a todo tipo de situação que hoje possa considerar degradante ou humilhante. Porque desta forma Deus os estará também preparando a fim de viverem na Nova Terra, onde todos serão iguais, onde não haverá nem pobres nem ricos em demasia, pois a partilha universal e totalmente gratuita será o molde dos intercâmbios, seja de comida, seja de bens de consumo.   
 
Nossa fé será provada, podem ter certeza disso. Brevemente sentiremos toda a força do inimigo, que descerá seu braço contra a Igreja. A decisão primeira do anticristo, assim que a besta lhe entregou o poder em 15 de fevereiro passado foi a de perseguir os católicos e de exterminar a Igreja. Isso porque a Igreja Católica é a única que recebeu datas e pode anunciar ao mundo o fim do tempo do inferno. Somente aos profetas da Igreja de Jesus foi dada a graça de anunciar a abertura dos sete selos e revelar ao mundo o que falaram os sete trovões conforme está em Apocalipse 10. E isso enfurece o inferno e torna infrene a besta que odeia ver revelado ao mundo que ela é frágil e que sofre limitações de tempo.
 
Desta forma poderemos esperar a reação desesperada do inimigo, que vem cheio de fúria devido ao pouco tempo que lhe resta. Todas as mensagens que tratam deste tempo final apontam para esta perseguição final como parte do Calvário da Igreja, e para sua purificação. O alvo principal é certamente a Sagrada Eucaristia, que deverá quase ser extirpada em todos os sacrários oficiais da terra. Milhares de sacerdotes acatarão a ordem do falso papa – este tipo de ordem eles acatam – de por abaixo os sacrários, para tristeza do Céu. A Eucaristia será mantida então nas casas fiéis e é por isso que Nossa Mãe tem insistido com os participantes do Movimento, todos os que puderem que aceitem serem ministros extraordinários da Comunhão, ou permaneçam firmes, porque isso facilitará para que guardem em suas casas o Santíssimo, que deverá ser mantido nas famílias, de uma forma quase oficial.
 
Quanto ao comando da fera, se pode notar que ele é efetivo, pelas mudanças havidas nos meios de comunicação. Vejam que desde agosto passado, tudo o eu se via na mídia estampado era o furor das bolsas de valores, coisa que depois de 15/02 não se falou mais. Também se nota uma coisa que a mídia não divulga, mas certamente é algo chave. A notícia é que de apenas nos últimos tempos renunciaram ou foram demitidos os grandes administradores e presidentes de mais de 320 grandes corporações, certamente cargos agora preenchidos por servos totalmente fiéis ao anticristo. Não é a toa que estão se matando alguns destes figurões, que colocados na rua veem suas carreiras se esboroar num instante. Isso está de fato previsto, não somente estes, mas haverá muitos donos de empresas que num átimo de tempo irão à falência. Afinal, todos os que não se desprendem dos bens, sofrerão muito mais adiante, pois se até os impérios irão desabar, quanto mais os vassalos dos baixos escalões.
 
Outro sinal que se pode verificar como perfeito e anunciado por Jesus, além do aumento assustador das guerras desde o último ano é quanto ao aumento dos terremotos. Nos últimos dias houve o acordar de muitos vulcões, alguns adormecidos por mais de 100 anos. Na Indonésia, na Colômbia, no Alaska, nas Antilhas, na Itália, no Japão todos ao mesmo tempo, e alguns deles com imensas populações ao redor. Isso são apenas perturbações do planeta, diante da avalanche de mal que inunda a terra. Desde muito tempo temos avisado de que na medida em que se profundam as garras do anticristo sobre a população mundial, mais a natureza entrará em transes, devido a tanta maldade concentrada num homem só. Então a própria natureza entrará em espasmos, em transes de ira como para sacudir o jugo deste ser perverso. E naturalmente que o prejudicado maior será a própria fera porque embora os demônios tenham recebido poder sobre a natureza, eles podem até desencadear um processo destrutivo, mas são incapazes de freá-lo ou controlá-lo. Isso pertence a Deus!  
 
Jesus falou que haveria sinais no sol, na lua e nas estrelas. Bem os cientistas e até mesmo os leigos têm percebido mudanças drásticas no comportamento do sol. Já localidades ficam sem telefone e não funcionam os radares, em vista das radiações emanadas pelo nosso astro principal. Ademais, os raios do meio dia ferem a vista, a coloração deles deixou de ser amarelada para cada vez mais branca e tão agressiva que fere a vista. O Apocalipse lembra que o sol causaria muitos males ao homem, que amaldiçoaria Deus por causa disso. Quem observou a lua cheia passada, pode perceber nitidamente que ela não se apresentou perfeitamente redonda como por milhares de anos tem sido, mas em forma de um ovo. Há quem diga que ela está mudando de posição nos céus, e isso poderá trazer imensos transtornos, especialmente nos mares, pois é ela que dita as marés e faz mexer com as correntes marítimas, e se deve saber que estas são 100 vezes mais poderosas dos que os furacões.
 
Tudo isso está acontecendo, de forma incomum, como sinais de que o colapso desta civilização é iminente. Como não poderia deixar de ser, o que leva a este fim dos fins é o colapso da moral, coisa que até hoje levou a extinção todas as outras civilizações anteriores. E a nossa não escapará do mesmo destino. Olhem para nosso governo. Observem a camarilha de pessoas que tomou as rédeas da nação! Guerrilheiros antigos, assassinos, assaltantes de bancos, quadrilheiros vermelhos, abortistas e satanistas, participantes de sociedades secretas, que pensam apenas em transformar o estado, já podre, de laico para satânico, de falsamente democrático para efetivamente comunista, pois parece não terem outro objetivo na vida que não seja defender a causa gay, a liberação e despenalização do aborto, a liberação da eutanásia e a perversão da juventude, a promover a corrupção até mesmo da infância. Tudo isso é sinal claríssimo de um fim estrepitoso, do qual não escapará quem quer que seja que afronte Deus e suas leis eternas. Eles cumprem certinho, a agenda da ONU, que é sem dúvida a mesma agenda de satanás.   
 
Quem quiser se enfurecer que se enfureça com estas palavras duras, mas tenham certeza de que antes que acabe este ano já não restará neste planeta nem um só homem que defendas estas causas acima, que não se tenha convertido. O que estamos avisando com estes artigos é que os sinais atuais do mundo falam claramente da Ira Santa e Justa de Deus. De todos os lados surgem afrontas que ultrapassam qualquer limite de sanidade. Alguns dos maiores Jornais do mundo, de Londres a Nova York tem publicado ofensas contra o Deus dos cristãos, e se dizem contentes por fazer isso, mas jamais publicam qualquer ofensa contra o profeta Maomé. Isso faz parte dos sinais do fim: a apostasia, a ridicularização do que é sagrado e a rejeição e a negação do batismo, a proliferação das seitas e de falsos mestres, a implantação das leis do mal que servem de linha para o governo mundial da fera.
 
Depois disso, não se pergunte se teremos um processo fulminante de destruição desta civilização atual, porque – o leitor já sabe – ela acabará engolfada em sangue humano. Embora nestes últimos anos muitas pessoas tenham acordado para a realidade, o fato é que a maioria da humanidade sequer se dá conta do que está acontecendo. Seguem seu dia a dia estúpido e cego atrás do dinheiro e dos empregos, do lazer e da mediocridade e se enfurece quando alertada para que procure buscar Deus enquanto é tempo, enquanto Ele Se deixa encontrar. Porque haverá em breve o silêncio do Céu, para se abrir os sete meses do inferno na terra. Os acontecimentos em cascata irão atropelar o dia a dia dos povos, num processo tão demolidor como jamais se viu, porque ultrapassamos Sodoma em malignidade, e a terra abarrotada de tamanhos crimes que já não suporta o peso de tantas abominações.
 
Para suportar tudo isso, temos que nos munir de todas as fortalezas que a fé pode reunir. O Céu tem pedido que nas cidades se formem Grupos de Oração, para os pequenos cenáculos, quando a Mãezinha promete se fazer presente para abençoar os lencinhos e as rosas para o Óleo de São Rafael. Os que estiverem interessados em promover estes cenáculos devem entrar em contato com Luiz Carlos Pavan lcpavan@uol.com.br para receberem as instruções. Lembro que os grupos em formação já apontam para aquilo que temos avisado, não somente sentem a presença do Céu, como estão havendo manifestações celestes para instrução dos grupos. Para os grupos nas cidades e endereços contatem Ana Carolina em > http://brasilsalvaialmas.blogspot.com/ Endereço de email... carolns@gmail.com
 
Num dos grupos do Paraná foi mostrada a um dos presentes a visão de Santa Bernadete, que será a santinha que irá proteger o grupo. Com toda certeza o Céu prepara guardiões para cada grupo, e alerto que para que o grupo funcione é preciso que todos se revistam e peçam, supliquem, implorem o dom da humildade que leva a piedade, porque sem isso o grupo se desfaz ou nem se forma. Lembrem que tudo aquilo que pudermos fazer em termos de evangelização, de levar às famílias a reza do Rosário, à confissões nesta quaresma, e as orações para os Sacerdotes, tudo será pouco diante do que resta ainda a fazer. Lembro ainda que podem pedir já no site as orações para os padres, que necessitam disso como nunca.
 
Enfim, parodiando o poeta se pode dizer: crer ou não crer, eis a questão! De Cristo ou anticristo! Meias medidas ficarão pelo caminho, mornos, tíbios, fracos, escarnecedores, cegos e outros inimigos de Deus, estes serão moídos pelo olho do furacão, que se pode fazer por eles senão rezar? Se quisermos ter um planeta de paz, temos que ver sumir daqui os que fazem a guerra. Se quisermos uma Nova Terra de Amor, temos que assistir a morte dos que pregam e vivem o ódio e a dor. Se quisermos uma civilização da partilha total e gratuita, é preciso que sejam levados daqui os avarentos, os usurpadores, os corruptos, os ladrões, e todo os que vendem a alma ao diabo em troco de migalhas. Se quisermos um mundo de unidade, é preciso que haja um só rebanho e um só pastor.
 
Somente assim Jesus poderá reinar em plenitude, sobre um povo santo, ordeiro, caridoso, onde se verá enfim desaparecer daqui a figura arrogante do “eu” para que possamos viver a plenitude em Deus. Será maravilhoso, será fantástico, será extraordinário... E será para sempre! Vale a pena lutar por isso, até dando a vida! (Aarão)

 
Você gostou desse artigo? Então você pode:
 



(Visto: 3475 | Enviados: 77 | Impresso: 97)


 
Historico